21 fevereiro, 2007

Le Frisson

É precisamente por não te pareceres com ninguém que gostaria de te encontrar sempre... em toda a parte...

A Balada do Mar Salgado - H. Pratt
















.

2 Comments:

Blogger Elisa said...

que bonito. Vou copiar... devia reler o Corto Maltese, está visto.

21 fevereiro, 2007  
Anonymous Anónimo said...

Pois é, Elisa... o Corto aventureiro tem aquele cheirinho a mistério e a liberdade... e nem todos conseguem identificar, nas "entrelinhas" dos silêncios, o seu espírito doce e suave... De facto, esta frase, dita por um suposto "rough sailor", takes a girl's breath away...

Hot Wings

28 fevereiro, 2007  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home